SEGURA
A CURVA
DAS MÃES

Apoiando mães e suas famílias em situação de vulnerabilidade agravada pelo Covid-19 por todo o Brasil.

É PRECISO CUIDAR
DE QUEM CUIDA!

O #Covid-19 na vida das Mães

Hoje, no cenário de pandemia global em que toda humanidade está inserida, as desigualdades ficam mais evidentes e o tratamento delas se torna ainda mais urgente. Na curva das desigualdades, o tratamento além de urgente precisa ser prioritário para as mulheres mães que estão como principais responsáveis por outras pessoas (crianças, idosos, doentes ou pessoas com deficiência).

SEGURA ESSA CURVA COM A GENTE!

O DESAFIO
DAS MÃES
NO BRASIL

70

MILHÕES

É O NÚMERO
DE MÃES
NO BRASIL.

11,5

MILHÕES

É O NÚMERO
DE MÃES SOLO
(PARENTANDO
SOZINHAS).

29

MILHÕES

DE FAMÍLIAS
SÃO CHEFIADAS
POR MULHERES.

57%

DAS FAMÍLIAS
DE MÃES SOLO
ESTÃO ABAIXO
DA LINHA
DA POBREZA

64,4%

DAS CASAS
CHEFIADAS POR
MÃES NEGRAS
ESTÃO ABAIXO
DA LINHA
DA POBREZA

DAS 10.3 MILHÕES DE CRIANÇAS DE ATÉ 4 ANOS NO BRASIL:

84% são cuidadas por mulheres

E, DENTRE ELAS, APENAS

45% trabalham.


Fontes: Instituto Locomotiva, IBGE, PNAD e USP.

capa-mae2-segura-a-curva copy

32,4% DAS BRASILEIRAS

DE 14 ANOS OU MAIS CUIDA DE UM INTEGRANTE DO DOMICÍLIO, SEJAM FILHOS, DOENTES, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA OU IDOSOS.

A taxa de pobreza por família é maior entre famílias formadas por mulheres sozinhas e com filhos, no arranjo familiar monoparental feminino. O indicador representa 57% desse universo, de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais 2017 – SIS 2017, do IBGE.

DESAFIOS
DAS MÃES
DURANTE
A PANDEMIA

92%
AFIRMAM QUE A ALIMENTAÇÃO DE SUA FAMÍLIA FICARÁ PREJUDICADA PELA AUSÊNCIA DE RENDA DURANTE O ISOLAMENTO.

73%
DIZEM QUE NÃO TÊM NENHUMA POUPANÇA QUE PERMITA MANTER OS GASTOS SEM TRABALHAR POR UM DIA QUE SEJA.

8 EM CADA
10 MÃES

DIZEM QUE A RENDA
JÁ CAIU POR CAUSA
DO CORONAVÍRUS.

92%
DIZEM QUE TERÃO DIFICULDADES PARA COMPRAR COMIDA APÓS UM MÊS SEM RENDA.

76%
RELATAM QUE COM OS FILHOS SEM IR PARA A ESCOLA, OS GASTOS EM CASA JÁ AUMENTARAM.

NOSSO
TRABALHO

Somar esforços junto às entidades do terceiro setor, coletivos, instituições da sociedade civil e indivíduos para realizar distribuição direta e indireta de recursos, cuidado integral, apoio psicossocial e suporte jurídico a fim de promover e garantir de forma prioritária, por meio de ações práticas, a dignidade e os direitos básicos de mulheres e crianças enquanto durar a pandemia do novo coronavírus.

0

MÃES APOIADAS EM 24 ESTADOS DO BRASIL

0

CRIANÇAS, ADOLESCENTES, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E IDOSOS APOIADOS

R$ 0 MIL

ARRECADADOS EM DOAÇÕES

COMO SEGURAMOS A CURVA

CONHEÇA MAIS SOBRE O PROJETO

– MAPEAR AS MÃES:
identificar, localizar, entender vulnerabilidades e necessidades;

– MOBILIZAR PARCERIAS:
organizações, coletivos, empresas, e outras ONG’s sensíveis às necessidades das mães;

– RECOLHER APOIOS/DOAÇÕES:
criar campanha de arrecadação para o Fundo de Apoio Emergencial para Mães através da vaquinha online e articulação com redes e instituições doadoras.

– ESTABELECER VÍNCULO:
contactar as mães mapeadas, criar redes de apoio online por regiões, validar informações;

– ORGANIZAR APOIOS:
coordenar doações, contatos e entregas;

– DISTRIBUIR RENDA:
Realizar os repasses do Fundo de Apoio Emergencial para Mães entre as mães mapeadas pelo #SCM.

– ENTREGA: 
garantir que todas as mães mapeadas recebam apoio no prazo de 01 mês após o primeiro contato;

– TRANSPARÊNCIA:
publicizar dados de arrecadação, metas e endereçamento de recursos;

– DADOS:
disponibilizar dados do impacto do projeto na vida das mães e crianças.

Uma vez concluído o 1º ciclo, é hora de começar tudo de novo!

DEPOIMENTOS
DE MÃES ATENDIDAS

  • Só posso desejar que DEUS continue abençoando muito a vida de vocês. E que possa continuar ajudando as mães das comunidades  que precisam 👏🏼👏🏼😭

    Juliana Melo

    Rio de Janeiro-RJ
  • O mundo precisa de mais seres de luz e bom coração assim como vocês.Não há palavras suficientes para que eu possa demonstrar minha imensa gratidão pela a ajuda de vocês.

    Ludisleia

    Cavalcante-GO
  • O dia que vc repassaram o dinheiro pra mim, recebi um outro valor que eu estava esperando. Ajudei outra mãe com o gás. E o restante dividi entre duas mulheres. Os 150 foi tão abençoado que ajudou 3 mães.

    Maura B.

    São Paulo-SP
  • Eu tenho/tinha uma empresa turística para eventos que era o que sustentava aqui em casa. Infelizmente foi um dos principais nichos afetados com tudo isto. Eu já chorei horrores sem saber como iria ser sem dinheiro e estando grávida da segunda filha. Estou em análise ainda no auxílio e já estava desesperada sem saber como iria fazer. Muito obrigada!

    Mariana Aciolly

    Maceió-AL
  • Não tenho palavras pra agradecer o que fizeram por mim e meus pequenos. Com seis crianças é difícil, fiquei viúva do pai dos meus filhos. Muito obrigado, agora sim vou conseguir comprar comida pras minhas crianças.

    Pamela Caroline

    Rio Grande do Sul
  • A ajuda veio em uma hora crucial pois alimentos eu tinha mas o gás estava por acabar e com isso pude estar preparada.

    Vanessa Sabino

    Rio de Janeiro-RJ
  • O projeto #SCM foi enviado por Deus, com a ajuda do projeto consegui comprar alimentos, fraldas, materiais de curativos e higiene para o meu filho de 15 anos que foi atropelado e teve que operar o fêmur e o joelho.

    Meyrilene

    São Gonçalo-RJ
  • Sou mãe solo, produtora cultural, tenho uma baby de 3 meses, e ainda acolhi 2 sobrinhos por estar com irmãs infectadas pelo covid.  Com o apoio do #SCM além de alimentação, consegui adequar e quitar uma dívida  atrasada.

    Jéssica

    Rio de Janeiro-RJ
  • O projeto e as idealizadoras foram anjos que Deus colocou na minha vida no momento que eu mais precisava me ajudaram e eu consegui comprar alimento para minha  família agradeço MUITO ao Segura a Curva das MÃES.

    Patrícia

    Rio de Janeiro-RJ
  • Tenho 26 anos, tenho 3 filhos, trabalho como diarista. Agora com essa pandemia tudo começou a apertar, as casas que fazia faxina começaram a cancelar os trabalhos eu sem chão sem rumo e com conta pra pagar achei uma luz no final do túnel quando comecei a fazer parte desse maravilhoso grupo que me ajudou e me ajuda nessa crise. Só gratidão 🌻🌻 Eu não tenho palavras pra agradecer o quanto vocês me ajudaram 😍❤️.

    Tainá

    São Paulo-SP
  • Ter um projeto que ajude mães e seus filhos como o Segura a curva das mães (#Scm) em um momento delicado como esse em que o mundo está vivendo é muito difícil. Recursos eu não tinha e minha dispensa ficando vazia sem ter como repor, a ajuda veio no momento certo e eu só tenho motivos para agradecer.

    Paula de Araújo

  • Conhecer grupos de mulheres emponderadas neste momento de fragilidade é muito gratificante, isso mostra que nosso país tem pessoas maravilhosas, ainda mais vindo de mulheres guerreira de coração enorme. O mundo precisa de gente que reconhece a necessidade do ser humano…

    Nelcina

    Brasília-DF
  • Sou mãe de duas crias (uma criança de 7 anos e um bebê de 11 meses). Trabalho de forma independente e no momento devido a pandemia, não consigo ter uma renda. Foi graças ao projeto Segura a curva das mães que consegui atender às nossas demandas urgentes.

    Joyce Salvador

    Duque de Caxias-RJ
  • Tenho 18 anos sou mãe da Luna de 2 anos, antes da pandemia vendia trufa na escola, através desse projeto consegui atendimento psicológico o que tem me ajudado muito, além da ajuda de custo que auxilia na compra de itens básicos para casa, só tenho a agradecer o projeto e a todos envolvidos. Doe e apoie o #SCM.

    Geovanna

    Cotia-SP
  • A ajuda chegou num momento onde minha dignidade já não existia…sem gás com 5 filhas em casa sem poder comprar o necessário recebi o convite do projeto… FOI DEUS que levantou mulheres com amor e vontade para ajudar a quem não tinha mais esperança. Hoje minha família é assistida ainda mais e só tenho a agradecer o projeto SEGURA CURVA DAS MÃES.

    Jane Tito

    Rio de Janeiro-RJ
  • Conheci o projeto por meio de um grupo de mães da faculdade. Achei uma proposta muito interessante e a ajuda chegou numa ótima hora pros meus filhos e eu. Vejo tantos relatos de mães solos passando dificuldades no isolamento social, iniciativas como essa fazem muita diferença mesmo.

    Aline Terezinha

    Minas Gerais
  • O mais interessante foi a proposta de repassar o dinheiro e não a cesta básica. Cada uma sabe qual deve ser o seu básico. O básico de hoje não é o mesmo básico de semana que vem. No momento que o dinheiro caiu, meu básico já era outro diferente do dia em que tinha me inscrito. Pensei em usar para comprar “mistura’, mas o gás acabou ontem a noite. Então meu básico hoje foi o gás. E ainda sobrou para a “mistura”. Valeu #SCM!

    Alba Cutrim

    Minas Gerais
unfold

NOSSA META: R$ 2 MILHÕES ATÉ DEZ/2020

Onde estamos: R$ 681.000,00

34%

Recentemente fomos surpreendidos com a triste notícia de que, em função de um erro da equipe de uma grande doadora, uma doação de 150 mil reais que estava alocada para o apoio financeiro das mães atendidas pelo Segura a Curva das Mães para este mês de setembro foi cancelada. Nós já estávamos na busca das articulações para garantir o restante do ano, mas agora estamos em EMERGÊNCIA: o fundo de apoio contínuo do Segura a Curva das Mães não tem capacidade para atender todas as mães em setembro. PRECISAMOS DO SEU APOIO E DA SUA MOBILIZAÇÃO.

DEPOIMENTOS
DE PARCEIROS E APOIADORES

  • “A revolução será materna e feminista!” Um abraço cheio de calor e afeto para todas as mães e suas crias e às idealizadora desse iniciativa! Parabéns!

    Cami Hofmann

  • Que esse recurso ajude mães a se protegerem e a cuidarem de seus filhos. Vai com amor. De uma mãe para outras.

    Naila Oliveira

  • Tambem Sou Mae solo e passei por bons bocados ha alguns anos atrás, agora nesse momento quero retribuir ao universo toda frequencia da abundancia que tenho recebido. Força a todas!!!

    Janaina Machado

  • Mais solidariedade. As vidas sempre importam. Vidas pobres importam. Que haja luta, cobranças frente ao papel do Estado e união das pessoas. Linda iniciativa.

    Alexsandra T. Sartorio

  • Se as pessoas soubessem que pra mudar uma comunidade vc começa pela mãe, muita coisa já estaria melhor! Força e continuem o lindo trabalho!

    Carol Cerutti

  • Parabéns pelo trabalho. Estou rezando para que vocês consigam mais doações para ajudar quem precisa. Sabemos que o momento é difícil para todos, eu mesma perdi o emprego nesta quarentena, mas diante da situação destas mães me sinto privilegiada. Que Deus ilumine tds vcs. Bjs

    Anônimo/a

  • Olá! Estou deixando a minha (modesta, porém de coração) contribuição nesse momento tão difícil em que temos que contar com a solidariedade umas das outras, quando, em verdade, essa ajuda deveria estar vindo por parte do governo. Seguimos forte. Um abraço a todas.

    Eduarda Cunha Gazen Manzke

  • Parabéns pelo projeto e espero que consigam superar a meta, pelo bem de tantas mães e crianças que agora precisam de mais ajuda como nunca.

    Ana Claudia Recchia

  • Iniciativa forte, potente e fundamental.

    Carol Ayres

  • Lindo trabalho !!! Feliz em poder ajudar !!!

    Nathasha lemos

  • Que nesse momento desafiador possamos lembrar que temos umas às outras.

    Andréia G. Travaglia

  • Força meninas! Sairemos desta mais fortes e solidárias!

    Clarissa Biscaia

  • Juntas somos mais fortes, mães curam e apoiam umas às outras.

    Livia Gabriel

  • Obrigada pela oportunidade de contribuir com esse projeto. A humanidade é uma só.

    Marli Paes Leme

  • Parabéns pela iniciativa, meninas! Vamos ajudar essas mulheres e mãe guerreiras. Vamos ser luz pras suas crianças! Um beijo

    Anônimo/a

  • Ninguém solta a mão de ninguém. Tamo juntas!

    Denise O Freire

unfold

SEGURA ESSA CURVA
COM A GENTE

ORGANIZAÇÃO

INSTITUTO CASA MÃE

O Instituto Casa Mãe desenvolve inteligência social para garantir o bem-estar e o bem-viver social, econômico, afetivo e ambiental para as mães.

COLETIVO MASSA

O Coletivo MASSA tem como objetivo impulsionar uma nova geração de cidadãos conscientes do seu papel como protagonistas de mudanças políticas sociais e ambientais, criando soluções e novos alternativas para corrigir desigualdades, acelerando o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e solidária.

CONHEÇA AS MÃES
IDEALIZADORAS DO PROJETO

THAIZ LEÃO

Mulher, mãe, ativista. Cria de família retirante e da periferia de São Paulo. Designer de serviço social. Fundadora e diretora executiva do Instituto Casa Mãe – inteligência social para as maternidades e infâncias. Criadora da A Mãe Solo. Co-idealizadora do movimento Segura a Curva das Mães.

THAIS FERREIRA

Preta, mulher, mãe e ativista. Cria da periferia do Rio de Janeiro, líder comunitária há 14 anos. Especialista em Saúde da Mulher e Primeira Infância. É parte do Coletivo MASSA, colaboradora do Odarah Cultura e Missão. Co-idealizadora do movimento Segura a Curva das Mães.

APOIO

PARCEIROS

ENTRE EM
CONTATO